Você sabe o que acontece na frente de caixa da sua loja de varejo?

por Vanessa Urbieta 24/01/2019 15:22
Entre em contato:

o que acontece na frente de caixa da loja de varejo

A rotina do PDV de uma loja de varejo é intensa. É lá que as compras são finalizadas e as possibilidades de perdas são grandes. Para evitá-las, o varejista pode contar com a ajuda da tecnologia, como o sistema de monitoramento Gatecash, que possibilita identificar diversos eventos que ocorrem na frente de caixa, seja por erro operacional, fraude, ou até por falhas nos equipamentos, como no scanner do PDV. Demonstraremos neste artigo, através de vídeos coletados no monitoramento dos checkouts, exemplos de como estas situações podem acontecer no dia a dia das lojas.

Quando o varejista consegue identificar as causas das perdas na frente de caixa, além de se tornar possível tratá-las com treinamentos direcionados, troca de equipamentos ou aplicação de regras de advertência, por exemplo, ele também pode passar a disseminar uma cultura de prevenção de perdas.

Com a ajuda do Gatecash, o que antes não era conhecido, passa a ser mensurado, apontado e tratado. A loja reduz a perda não identificada e há menos divergências nos inventários.

Após implantar este formato, o varejista estabelece uma rotina de trabalho com processos mais eficientes e conhecidos.

Algumas vezes, a responsabilidade de se identificar estas vulnerabilidades é dada a um colaborador que trabalha à frente dos PDVs (fiscaliza), mas diante de um local com grande fluxo de pessoas e operações (registros de produtos, passagem de carrinho, volumes de mercadorias, etc.) fica limitada a identificação e mensuração destes eventos nos caixas. Por isso é importante contar com a ajuda da tecnologia para identificar as perdas, como veremos nos exemplos a seguir.

 

Flagrantes capturados pelo Gatecash na rotina da frente de caixa

1º Vídeo – Alerta automático: possível produto não registrado 

Através da tecnologia de imagem, a solução gera um alerta de que há a passagem de um produto no PDV, sem ser registrado no cupom fiscal. No caso abaixo, mesmo o scanner emitindo o bip, a mercadoria não foi registrada. Foi identificada uma perda de R$ 109,00.

 

 

 

 

Não conhece o Gatecash? Clique aqui e entenda como funciona esta ferramenta de monitoramento de frente de caixa.

 

 

2º Vídeo – Gerado na consulta de leite, com parâmetro de valor e quantidade

O cliente coloca 01 litro de leite na esteira do PDV e passa com o restante da mercadoria no carrinho sem o devido registro. A perda foi de R$ 28,00 – 11 litros de leite.

 

 

 

3º Vídeo – Gerado na consulta de cerveja, com parâmetro de quantidade

A operadora não multiplica corretamente a quantidade de itens no pack de cerveja. A perda foi de R$ 47,00 – 12 unidades de cerveja.

 

 

Muitas vezes a prevenção de perdas utiliza estatísticas de mercado para “ratear” a perda não identificada. Com o Gatecash, a equipe de prevenção mapeia o processo de frente de caixa, identifica as causas das perdas, registros indevidos, problemas com atendimento e, assim, pode criar planos de ação para reduzir perdas, melhorar os processos e o atendimento ao cliente.

 

 

 

Veja mais exemplos do Gatecash combatendo perdas no varejo:

Através de auditoria de PDV, rede identifica quebras em supermercado

[EBOOK GRATUITO] Entenda os riscos e reduza perdas na Frente de Caixa

10 mudanças que o monitoramento de frente de caixa vai trazer para sua loja

 

Quer saber mais sobre o Gatecash? Fale com um especialista

Topics: Perdas no Varejo, Frente de Caixa, Furtos internos