Integração entre áreas é fundamental para reduzir perdas no varejo

por Antônio Balbino 29-05-2018 14:06
Entre em contato:

integração entre áreas do varejo

Nem sempre bem entendida pelos executivos do varejo e muitas vezes implantada como consequência de perdas sistemáticas de origens, a área de Prevenção de Perdas tem merecido mais atenção do varejista nos últimos anos, quando as empresas passaram a incluir em seus organogramas uma área dedicada ao assunto. Investimentos na qualificação, gestão e tecnologia em prevenção de perdas estão mesmo ganhando mais destaque junto aos diretores das redes varejistas.

Outra grande mudança que aconteceu nos últimos anos, e que afeta a Prevenção de Perdas, foi a integração entre as áreas da empresa. Todos em uma empresa são responsáveis pelas perdas. A prevenção deve andar junto com os departamentos de Recursos Humanos, Jurídico e Administrativo, mas acima de tudo de Operações e Comercial, porque são essas áreas que mais geram retorno no fim das contas.

Em um trabalho integrado entre várias áreas, que desenvolvi em uma empresa do setor varejista, conseguimos sair de um cenário pavoroso para um otimista, promissor e em crescimento em seis meses. Saímos de um índice de perdas de 3,92% para 2,33%, uma redução enorme e que em mais seis meses caiu para 1,82%”.

É preciso lembrar que o investimento em treinamentos deve ser constante e que trazer outros profissionais e conhecer outros cenários é um fator chave para a motivação, para o desenvolvimento de novas ferramentas e para reduzir perdas no varejo.

Cada vez mais empresas que buscam ser lucrativas usam métodos e diferentes aplicativos, com métricas específicas, visando compreender e corrigir rumos e procedimentos em sua rota de negócio. Não existe prevenção de perdas sem uma boa gestão de inventários, assim como não há inventários com uma boa acurácia sem a área de prevenção de perdas.

Um ponto fundamental é que a maioria das empresas ainda não enxergaram a ruptura como um problema crônico de perdas. Infelizmente a maioria dos varejistas ainda trata a ruptura como um erro comercial. Estudos mostram que temos mais de 9% de ruptura, em média, no varejo nacional. Ruptura é perda de vendas e toda perda deve ser tratada pela área de prevenção de perdas.

 

→ Assista também ao episódio do PDV - Por Dentro do Varejo com Antônio Balbino, clique aqui.

 

REVISTA-2018-960pxLARG-sombra-30 Este conteúdo foi publicado originalmente na Revista Prevenção de Perdas 2018. Para conferir o conteúdo da Revista na íntegra, acesse agora mesmo este link e faça download gratuito da versão digital.

 

|Download Revista Prevenção de Perdas

Topics: O profissional de Prevenção de Perdas, Perdas no Varejo