Exposição segura e etiquetagem na origem são diferenciais para a Riachuelo

por Rui Rodrigues 08/08/2019 15:06
Entre em contato:

Etiquetagem na origem de calçados

A busca por uma melhor exposição de produtos, melhor experiência de compra e maior produtividade levou a Riachuelo a procurar a Gunnebo, em março de 2018, para ampliar sua parceria com um inédito projeto de etiquetagem na origem. Gestores da gigante varejista de moda já conheciam um projeto similar executado pela Gunnebo que obteve sucesso com a tecnologia AM. Como já utilizavam a tecnologia RF com sensores antifurtos de porta de loja e etiquetas, o passo agora era agilizar o processo já na origem, como mostramos na Revista Prevenção de Perdas edição 11 e você pode conferir aqui.

A etiquetagem na origem consiste na aplicação de etiquetas antifurtos ainda na produção das mercadorias, permitindo que o varejo receba os produtos prontos para a venda ou estoque. Uma das principais vantagens é a reposição mais rápida da mercadoria na prateleira, além de diminuir os custos operacionais, pois ganha-se em eficiência ao mesmo tempo em que há maior controle de todo o processo.

O projeto foi focado nos calçados expostos e vendidos na Riachuelo. Bruna Rios, gestora de Compras de Calçados, conta que toda experiência que a empresa já tinha com outros produtos mostrou que a Gunnebo seria a melhor parceira para esse projeto, além de toda disponibilidade para implantação em nossos fornecedores e lojas.

A Riachuelo optou pela etiquetagem na origem com a tecnologia RF porque os sistemas antifurtos das lojas já utilizavam essa tecnologia. A escolha desta tecnologia fez da rede pioneira nessa aplicação. Até então, a Riachuelo só trabalhava com etiquetas rígidas e a Gunnebo e sua assistência técnica calibraram as antenas de todas as regiões do país para a detecção das etiquetas da nova tecnologia.

Das primeiras negociações ao acerto final para o início do programa foi tudo muito rápido. Bruna Rios avalia o projeto como positivo, destacando que a Gunnebo sempre se mostrou muito disposta a ajudar e resolver as dificuldades que surgiam na cadeia de implantação.

 

Treinamento direto com os fornecedores

A Riachuelo trabalha com dezenas de fornecedores de calçados dos mais variados modelos, entre as linhas de masculino, feminino e infantil. Para implantação do projeto, todos foram orientados pela Gunnebo sobre padrões de etiquetagem adotados pela Riachuelo, incluindo as particularidades de cada modelo fornecido à rede.

“Com a etiquetagem na origem agilizamos o processo dentro da loja, pois hoje quando recebemos um calçado, ele pode ir direto para a área de vendas. Não necessita mais ser manipulado para colocação de uma etiqueta. Isso nos gerou um ganho de produtividade muito grande. Além da questão estética, onde hoje o produto pode ser calçado com facilidade pelos clientes e a sua apresentação se tornou muito mais atraente” – Bruna Rios, gestora de Compras de Calçados da Riachuelo  

O ganho de produtividade a que se refere Bruna pode ser somado a uma melhor experiência de compra, com mais disponibilidade da equipe para atendimento.

 

REVISTA PP 2019 11 Este artigo foi publicado na edição 11 da Revista Prevenção de Perdas. Para garantir sua versão digital, clique aqui e faça download gratuito.

 

Mais artigos sobre tecnologias antifurtos para lojas:

Como funcionam os sensores antifurtos nas entradas das lojas

Tudo o que você precisa saber sobre etiquetas antifurtos

Antenas antifurtos geram menos perdas e aumentam a lucratividade

 

New Call-to-action

Topics: Sistemas Antifurtos