5 motivos para usar tecnologia contra as perdas na frente de caixa

por Adriano Sambugaro 11/09/2019 12:00
Entre em contato:

checkout loja de varejo gunnebo

Uma questão na qual sempre insistimos quando falamos em Prevenção de Perdas é que os varejistas devem investir em tecnologias que ajudem a mudar suas estratégias e melhorar sua rotina. Para prevenir perdas e furtos é necessário um conjunto de fatores que vão desde atitudes mais alinhadas da equipe até PDVs mais ágeis e monitorados. Identificar a origem dos furtos e entender que a prevenção de perdas é um investimento, reduz não só as perdas como os desafios diários, gerando uma vantagem competitiva importante para o negócio.

Pensando nestas estratégias e nos pontos fundamentais para melhorar o desempenho da sua loja, destacamos 5 motivos que provam que adotar a tecnologia para prevenir perdas na frente de caixa pode ser a melhor saída para tornar seu negócio mais lucrativo e competitivo.

 

1. O PDV é o ponto de maior vulnerabilidade nas lojas

São nos checkouts que ocorrem grande parte das perdas em uma loja de varejo ou supermercado. Pesquisas apontam que o checkout chega a concentrar 40% das perdas internas, sendo um lugar de alta vulnerabilidade. É na frente de caixa que ocorrem as negociações que sofrem mais pressão, clientes apressados, filas, problemas com preços. Alguns fatores como cancelamento de compras e pagamento em dinheiro podem ser alvos de fraudes que trazem transtorno e prejuízo para os lojistas.

É importante estar sempre atento, com uma equipe bem treinada e com equipamentos que facilitem a rotina do PDV.

Por isso é fundamental contar com tecnologias que tenham foco na frente de caixa, como é o caso do Gatecash. Você pode conferir mais sobre uma das funções desta ferramenta, o alerta de produto não registrado no PDV, no vídeo a seguir.
 
 

 

2. É muito importante controlar as fraudes no check out

Sabendo que 40% das perdas internas ocorrem no check out, é importante combater de maneira efetiva este prejuízo. Muitos erros ocorrem e sequer são notados porque falta controle e conferência de dados nos caixas. Porém, já existem tecnologias que combinam agilidade e controle no momento da compra, eliminando este tipo de perda e monitorando toda a atividade da frente de caixa. Conhecido por ser totalmente integrado ao software da loja, o Gatecash monitora à distância todas as operações efetuadas em tempo real com qualidade de DVD, conferindo seus tickets com os produtos realmente comprados pelos clientes.

 

Veja o Gatecash em funcionamento em um caso de detecção de mercadoria sem registro no carrinho:

 

 

 

3. Você pode melhorar o atendimento e a produtividade dos caixas

Ao monitorar as atividades de seu PDV, além de reduzir as fraudes, fica cada vez mais fácil e acessível controlar o atendimento e a produtividade dos caixas. O Gatecash, como citado acima combate as fraudes no PDV, mas também pode ser usado como ferramenta de gestão, pois associa dados de compras a imagens e áudio. Uma ferramenta valiosa para treinamento de equipe e gestão de pessoas.

Com a ajuda do Gatecash, o operador de caixa dificilmente irá ter problemas como multiplicação de produtos, como podemos ver no caso abaixo.

 

 

 

4. A tecnologia vai alavancar suas vendas

Com as fraudes controladas e reduzidas, é hora de pensar em aumentar as vendas. Como falamos no item anterior, a produtividade dos caixas influi diretamente no ato da compra. Caixas mais ágeis ajudam a vender mais e atrair mais clientes. Com uma equipe bem treinada, aliada às tecnologias que facilitam o dia a dia, suas vendas aumentarão gradativamente. A eliminação dos confinados, deixando-os expostos com segurança aumentam os resultados, especialmente devido às compras por impulso. Existem muitas tecnologias para expor os mais variados produtos desde etiquetas, protetores de policarbonato e cadeados eletrônicos.

 

 

5. A tecnologia pode reduzir custos e tempo nas operações

É um fato: quanto mais ágeis forem os caixas, menor é o tempo de espera nas filas e mais satisfeitos ficam os clientes. Divergência de preços e lentidão na leitura dos códigos de barras são apenas alguns dos problemas que geram custos e aumentam o tempo nas operações. Por meio de soluções como o desativador AM Smart Scan as etiquetas são desativadas ao mesmo tempo em que se realiza a leitura do código de barras. Duas operações simultâneas, o que gera maior confiabilidade e menos erros.

Além do desativador, o varejista também pode contar com soluções como o XReader, um sistema que faz a leitura automática dos códigos de barras dos produtos. O diferencial da solução é que pode ser utilizado em qualquer checkout com esteira, sem a necessidade de adaptações ou mudanças no móvel. Com o XReader, o cliente faz as compras com mais agilidade, já que o sistema identifica automaticamente o código de barras e a imagem do produto, evitando que qualquer item passe pelo leitor sem ser registrado, como mostra o vídeo:

 

 

 

Estes são apenas alguns pontos que demonstram como pode ser crucial investir em tecnologias que transformem a rotina da frente de caixa. Levando em consideração o ponto de vista do cliente, tornar a experiência de compra mais fluida e ágil faz com que ele se sinta mais bem atendido e a tendência é que retorne ao seu estabelecimento. Conseguir uma eficaz gestão do check out só traz benefícios para ambos os lados.

 

Você também pode se interessar por: 

Perdas na Frente de Caixa: oportunidade de ganhos

Grupo Tonin investe no Gatecash para Prevenir Perdas

Você sabe o que acontece na sua frente de caixa do varejo?

 

* Este artigo foi publicado em 30-09-2015 e atualizado em 11-09-2019.

 

Quer saber mais sobre o Gatecash? Fale com um especialista

Topics: Perdas no Varejo, Frente de Caixa